Conheça o maior e mais completo plano de benefícios funerários do Brasil.

Como manter a memória viva?

Como manter a memória viva?

Pequenas interações: o jeito de cortar o macarrão, os programas que assiste, memórias antigas, fotos, piadas internas, broncas, lições, momentos aconchegantes. Aqueles que se vão, não vão para sempre. Ficam conosco, de alguma forma ou de outra. Seja pelos objetos que deixaram, seja pelas memórias que ficaram.

Essa pessoa especial sempre vai permanecer na memória coletiva, nos momentos em grupos. É impossível se reunir e não lembrar dos bons momentos, das boas histórias, das gargalhadas, do carinho, do afeto.

Quando esse familiar, esse amigo, esse companheiro se vai, jamais desaparece completamente. Nada pode apagar sua existência. É essa a melhor homenagem que podemos deixar: manter viva a memória, manter vivos os bons momentos e emoções, lembrar com carinho, recordar as datas.

Superar e aceitar uma perda não é esquecer, não é abandonar. Nós, humanos, somos uma colcha de retalhos de todas as pessoas que amamos e nos amam. Fazemos as coisas que fazemos pois fomos ensinados dessa forma. Guarde mensagens, cartas, fotos, objetos que gostava, cartões, momentos, mas acima de tudo – não deixe a memória passar.

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *